Pesquisar este blog

terça-feira, 30 de abril de 2013

OS PETISTAS E O ASSALTO À DEMOCRACIA. Como o Foro de São Paulo vai sufocando a liberdade na América Latina. Leia trechos do texto de Rodrigo Constantino publicado em O Globo.

DEPUTADOS OPOSICIONISTAS FORAM IMPEDIDOS DE FALAR E AGREDIDOS HOJE POR MILICIANOS CHAVISTAS, POR ORDEM DO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA, DIOSDADO CABELLO.
CHAVISTAS
PERSEGUEM ADVERSÁRIOS E CALARAM A IMPRENSA, QUE SÓ PODE SER A FAVOR, OU SEJA,UM BRAÇO DA 
PROPAGANDA OFICIAL.
HÁ ALGO MAIS NAZISTA QUE ISSO?
(FOTO AFP; ABC.ES)

As notícias da área da política de nossos vizinhos como a Argentina, a Bolívia, a Venezuela, e outras maravilhas democráticas (para quem gosta de ser enganado e tratado como trouxa) não são nada boas.

A cada semana os totalitárias travestidos de democratas desferem novo golpe, ora na liberdade de imprensa, ora na livre concorrência do mercado, ora no Poder Judiciário, ora no Legislativo.

O que interessa a essa gente, toda ela associada ao monstro multicéfalo (Foro de São Paulo – entidade comunista fundada por Fidel Castro e Luís Inácio Lula da Silva (procure mais informações no site Mídia Sem Máscara), é ir golpeando a democracia sem destruí-la de vez, pois precisam do disfarce das liberdades democráticas e do Estado de Direito para irem acabando, estuprando, sufocando todas as nossas liberdades.

Foi assim que Hugo Chávez, entre ameaças, perseguição aos adversários, prisões ilegais, foi silenciando a oposição e infiltrando o Poder Judiciário, hoje uma mera extensão do chavismo. Nem o Legislativo e nem o Judiciário venezuelanos são poderes  
independentes. São apenas instrumentos, ferramentas usadas pelo chavismo para controlar toda a economia, a cultura e a política.

A Venezuela hoje, sem Chávez e com Maduro, continua sendo e a cada dia mais, uma ditadura como a do nazismo, totalitárias, perseguidora, cruel. Não há qualquer diferença entre o chavismo e o nazismo, inclusive com a criação das milícias civis chavistas armadas, uma modalidade cucaracha das SA uniformizadas e armadas de Adolf Hitler. Não se enganem.

A Argentina, a Bolívia, o Equador e outros tantos países seguem o mesmo rumo, cada qual com a sua receita própria para fazer o bolo totalitário. Nunca tantos totalitários trabalharam tanto em conjunto num continente, com tamanho sucesso, como agora.

É sobre esse verdadeiro assalto à Democracia que escreveu no Globo na edição de ontem (30) o economista Rodrigo Constantino, de cujo texto reproduzo, aqui, algumas partes.  

Gutenberg J. 



O risco bolivariano



RODRIGO CONSTANTINO 
Publicado em O Globo 
30/04/2013 

"Com petistas, todo cuidado é pouco. O país assistiu, nos últimos dias, a uma tentativa escancarada de ataque à democracia. Enquanto artistas da esquerda caviar protestavam contra o pastor Feliciano, dando beijos uns nos outros, os “mensaleiros” da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) tentavam usurpar o poder do STF à surdina. Montesquieu ficaria horrorizado com tanto descaso à divisão entre os poderes.

"A autoria da proposta de emenda constitucional aprovada é de Nazareno Fonteles, deputado petista pelo Piauí. Não é sua primeira proposta absurda. Em 2004, ele apresentou um projeto de lei complementar que estabeleceria uma “poupança fraterna”. Puro eufemismo: tratava-se de uma medida avançada rumo ao socialismo.

"O artigo primeiro dizia: “Fica criado o Limite Máximo de Consumo, valor máximo que cada pessoa física residente no País poderá utilizar, mensalmente, para custear sua vida e as de seus dependentes.” Acima desse valor arbitrário definido pelo governo, a renda seria confiscada para essa poupança compulsória coletiva. Uma bizarrice que nos remete ao modelo cubano.

"É realmente espantoso que, em pleno século 21, ainda tenhamos que combater uma ideologia tão nefasta quanto o socialismo, que deixou um rastro de escravidão, morte e miséria por onde passou. Mas uma ala petista, com outros partidos da esquerda radical, ainda sonha com essa utopia assassina. Tanto que chegaram a assinar carta de apoio ao ditador coreano!

"São os nossos “bolivarianos”, que se inspiram no falecido Hugo Chávez, cujo “socialismo do século 21”é exatamente igual ao do século 20. Vide a militarização crescente imposta por Maduro, o herdeiro do caudilho venezuelano, assim como a inflação fora de controle e o aumento da violência. Socialismo sempre estará associado ao caos social e à opressão.

"Países que já sofreram na pele com esse regime não querem mais saber de partidos ostentando tal ideologia. A Hungria, seguindo outros países do Leste Europeu, acaba de vetar símbolos nazistas e comunistas. Não há por que proibir a suástica e permitir a foice com o martelo. Ambos representam regimes assassinos, totalitários, antidemocráticos.

"Se o socialismo é o mesmo de sempre, a tática para chegar a ele mudou. Hoje, os socialistas tentam destruir a democracia de dentro, ruindo seus pilares, mas mantendo as aparências. Eles aparelham toda a máquina estatal, infiltram-se em todos os lugares, e partem para uma verdadeira revolução cultural, sustentada pelo relativismo moral exacerbado...

..."Como não temos uma oposição política organizada que valha o nome, resta como obstáculo a esse golpe bolivariano basicamente a força de quatro instituições: família, igreja, imprensa e Judiciário. Não por acaso são esses os principais alvos dos golpistas. Eles sempre menosprezam o núcleo familiar tradicional, atacam ou se infiltram nas igrejas (vide a Teologia da Libertação ou a própria CNBB), insistem no “controle social” da imprensa, e desejam diluir o poder do Ministério Público e do STF.

Nossa liberdade corre sério perigo, e seus principais inimigos são os jacobinos disfarçados de democratas. Acorda, Brasil!"

Rodrigo Constantino é economista 

Leia mais sobre esse assunto em:


DILMA NÃO PARTICIPARÁ DE FESTAS DE PRIMEIRO DE MAIO. MEDO DE VAIAS?



WWW.SPONHOLZ.ARQ.BR

segunda-feira, 29 de abril de 2013

A DENTISTA CINTHYA MAGALY, QUEIMADA VIVA EM SÃO BERNARDO, NÃO SERÁ A ÚLTIMA VÍTIMA DE JOVENS PERVERSOS. O Brasil está preparando uma geração inteira de jovens assassinos.


CINTHYA MAGALY MOUTINHO DE SOUZA. QUEIMADA VIVA POR NÃO TER MAIS QUE TRINTA REAIS!

A absoluta falta de respeito pela vida, a descrença em Deus e nos valores cristãos, e o imenso desprezo pelas leis dos homens cria uma geração de monstros morais, que produzirá ainda muito mais dor.

Tudo sob o olhar estúpido dos que acham que os criminosos frios e sem sentimentos, muitos deles menores de idade, é que são as verdadeiras vítimas. Nunca atingimos um tal estágio de inversão de valores no Brasil. 

Mas, os defensores dos jovens monstros (sejam tais monstros menores ou maiores), sempre propensos a querer manipular as leis para implantar a sua idílica e falsa visão de mundo, sabem que a maioria da população desaprova a crueldade extrema aplicada aos crimes dos quais recebemos notícias.

Seus defensores jamais ousariam propor um plebiscito, por exemplo, para saber o que a população pensa sobre penas mais drásticas, sobre o fim da liberdade condicional para certos crimes, e sobre a diminuição da idade penal de criminosos cruéis, que praticam crimes hediondos, mesmo com idade de 14 ou 15 anos, como se o Mal escolhesse apenas pessoas mais velhas para se manifestar.

Um plebiscito mostraria a esses populistas e demagogos da esquerda que a população, ao contrário de querer vingança, vai querer é Justiça. Bandido cruel tem que ficar preso e não ter benefícios, seja ele menor ou maior.

Com certeza a população votaria por penas mais duras, a queda da liberdade condicional, em casos extremos como o da dentista, e, talvez, embora sendo uma população cristã, a pena de morte. 


CRUELDADE REVOLTA

Seja a morte estúpida, cruel, desnecessária, do jovem Hugo Deppman, com um tiro na cabeça disparado por um menor de 17 anos e 363 dias de idade!; ou a morte da idosa de Cunha, SP, morta a facadas e pauladas por dois menores de 14 e 15 anos, respectivamente, ou a da pobre dentista Cinthya Magaly, de São Bernardo do Campo, queimada viva por quatro canalhas, um dos quais com 17 anos e dez meses (completará a maioridade em junho!), todas essas mortes revoltam as pessoas, pela sua crueldade intrínseca, despertando um desejo de Justiça, não um desejo de vingança, como propuseram alguns defensores dos bandidos que assumem uma posição de quase atribuir a culpa às verdadeiras vítimas.

Como cidadão que vive neste país em meio à mais profunda desordem moral e de valores, não posso concordar com os que dizem que a população, que defende penas mais rigorosas para crimes hediondos e de extrema covardia, quer vingança.

Vingança é uma coisa desprezível. Eu não quero vingança. Eu quero Justiça.

Eu espero que o Brasil se torne um país mais sério, em que as leis sejam respeitadas e o castigo pelo crime seja temido. 

Vejo, a cada dia, os valores cristãos serem jogados no lixo, a religiosidade, que estimula o respeito ao próximo, ser achincalhada como se fosse um mal. A noção de pecado (um tipo de freio interno) foi colocada à margem, como algo sem importância.

Criminosos desprovidos de vida interior, de qualquer sinal de consciência, de qualquer freio moral, de destemor perante Deus, só podem produzir o mal extremo.

Espalham a morte como se fosse algo natural. E para eles é, pois desprezam a vida. 

Nem pensam em quanto amor e esforço foi empregado pelos pais para a criação dos filhos. Nem temem o pecado, pois jamais ouviram falar nisso. Sabem apenas que podem cometer maldades e que serão soltos logo.

Sabem que a imensidão do horror de seus crimes será trocada por pouco tempo de cadeia. E sabem que tem centenas de defensores entre suas vítimas potenciais! Suprema ironia! 

Não temem a Deus, não temem à lei dos homens. São apenas ratos, aves de rapina; animais.

Mas não devem ser tratados como ratos e animais de rapina, mas como bandidos e aprender que o Mal, além de uma punição divina – na qual podem não crer – terá também uma punição aqui na Terra, por leis duras, que contenham seus ímpetos animalescos. 

Não se trata de querer vingança, mas de buscar a Justiça.

PAULO VANZOLINI (1924 - 2013)





domingo, 28 de abril de 2013

TUDO É FEITO EM NOME DO POVO, MAS DO POVO SÓ ESPERAM MESMO É VOTOS E QUE PAGUEM OS IMPOSTOS EM DIA.


http://WWW.SPONHOLZ.ARQ.BR

REPUGNA AOS PETISTAS O EQUILÍBRIO DEMOCRÁTICO ENTRE OS TRÊS PODERES DA REPÚBLICA. Devem imaginar que bom mesmo é na Venezuela; ou na Argentina; ou no Equador...ou na Bolívia


WWW.SPONHOLZ.ARQ.BR

HÁ FATOS AOS MONTES, O QUE FALTA É TEMPO.


Peço desculpas aos leitores que, suponho, às vezes se submetem aos textos esparsos e poucos comentários que tenho produzido sobre fatos horripilantes e escabrosos que ocorrem no mundo da política e do noticiário policial.

O tempo anda escasso, mas tentarei fazer duas ou três postagens diárias, para não perder o ritmo e para não deixar de registrar as barbaridades que ocorrem e das quais lemos alguma coisa na imprensa.

Ora são os petistas, que andam agitados e tentando submeter a Imprensa, o Judiciário, os adversários, e a verdade da História (e dos fatos) aos interesses autoritários e até totalitários do partido; ora são os grupos politicamente corretos que infestam a imprensa e o mundo virtual com suas exigências esquisitas e sem sentido, num falso apelo democrático.  

Basta verificar a vergonhosa cobertura da imprensa nacional às eleições da Venezuela e ao namorico nada enrustido de petistas com os avanços das ditaduras vizinhas, irmanadas pelo pano de fundo do Foro de São Paulo.

Espero colocar o bonde nos trilhos esta semana, com relação à regularidade das publicações deste blog.

Muito obrigado

Gutenberg J.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

“VAMOS TIRAR ESSA VELHA DO CAMINHO A PAULADAS” – DEVEM TER TRAMADO OS DOIS MENORES ASSASSINOS DE CUNHA, INTERIOR DE SÃO PAULO. Não se preocupem leitores, logo eles irão para a Fundação Casa e serão integralmente recuperados para voltarem à vida social. E para poderem matar outros idosos intrusos que se intrometam na sua vida.



O que faz uma idosa de 70 anos no caminho de dois adolescentes de 14 e 15 anos de idade? Nada, ora. Ela só atrapalha. Por conta disso merece morrer. É muito simples. E morrerá a pauladas. Eles são aves de rapina. Roubam. E quando não podem apenas roubar, matam, com o que estiver ao alcance de suas patas.

Poderia ter sido a tiros, a estocadas de punhal, a machadadas, a golpes de pá. Mas foi na base das pauladas. Pá, pá, pá, pá. Até a idosa ficar caída no chão, sem vida.

Imagine, leitor, a sua velha mãe sendo morta a pauladas na cabeça e pelo corpo. Imagine a sua esposa sendo golpeada sem piedade por duas crianças inocentes à procura de referências, como querem os idiotas politicamente corretos e defensores de jovens marginais assassinos.

O que poderia pretender uma idosa de 70 anos que se atreve a trabalhar, com seu marido de 75 anos, para o sustento de sua vida modesta em um pequeno comércio da zona rural em Cunha, interior de São Paulo? 

Nada. Ela nasceu para ficar no caminho de duas bestas que logo estarão cheias de defensores cínicos. E muito em breve poderão voltar à sua vida promissora de matadores.

DZHOKHAR TSARNAEV, O ANJO DA MORTE DE BOSTON. “MEU FILHO É UM VERDADEIRO ANJO”, DIZ O PAI DOS IRMÃOS TERRORISTAS. Os dois anjinhos espalharam a morte, a dor e o terror contra inocentes com bombas cheias de pregos e peças metálicas cortantes. Três pessoas morreram, quase dez tiveram amputações severas, e o total de feridos chegou a 160.



Todos ficaram chocados com a estupidez dos atentados a bomba em Boston, há alguns dias, quando a cidade estava em festa e assistia a uma maratona. Qual a explicação para uma monstruosidade assim?

O relativismo moderno, em sua ignorância e perversidade, mistura tudo e seus adeptos justificam atos extremamente cruéis como um tipo de aplicação da lei milenar do “Olho por Olho, Dente por Dente”, num evidente retrocesso de séculos do império da civilização cristã que, apesar de seus males (somos humanos), valeu-se das palavras de Cristo “Atire a primeira pedra...” para paralisar as mãos de vingadores, preservando a integridade física dos seres humanos, das vítimas, e dos bodes expiatórios.


Fico admirado, pasmo, chocado, revoltado, ao ler em blogs e sites comentaristas justificarem atos de extrema crueldade e vileza como colocar uma bomba para que atinja indiscriminadamente quem estiver por perto. Nada pode justificar atos assim.

Li que a presidente Dilma, que ora foi a Lima para validar o golpe venezuelano em favor de Nicolas Maduro, com seus colegas do Foro de São Paulo, ligada na juventude a cruéis grupos (ela conta, talvez orgulhosa, que nunca participou de um atentado) que explodiam pessoas, em nome de uma tal luta armada que era, de fato, a tentativa de derrubar a ditadura, não para implantar a democracia, mas uma ditadura do tipo cubano, lamentou a brutalidade contra inocentes!

DZHOKAHR, 19 ANOS, PROCURADO
 
TAMERLAN, 26, MORTO

 

Nunca li, posso haver perdido o espetáculo, nada que se referisse a algum tipo de arrependimento ou pedido de desculpas dela e de seus companheiros, que inclusive recebem polpudas indenizações do Estado brasileiro, pelas mortes estúpidas e brutais contra inocentes que provocaram. Ninguém imagina que grupos terroristas eram clubinhos de baralho, não?

Talvez ela, que segundo ela mesma, apenas fazia planejamento (o que será planejamento em um grupo terrorista?) e que nunca matou ninguém, tenha aprendido ao longo do tempo e mudado (socialistas acreditam na mudança da natureza humana) após o nascimento de seu neto. 

Pode ser que a visão de uma criança, a maternidade e o status de avó, a tenham enternecido; afinal, morreu uma criança em Boston, estraçalhada por uma bomba de ódio e loucura.

Mas é isso, fico admirado com a indiferença, a frieza a passividade com que alguns comentaristas dizem “são americanos”... Tais comentaristas, ou quem pensa assim perdeu, há muito tempo, o sentido da universalidade do ser humano. 

Foram puxados para o passado pré-cristão em que o diferente, o outro, o que não tinha a nossa mesma marca , podia ser morto, esfolado vivo, trucidado, sem qualquer remorso: não era, sendo diferente de nós, membro da humanidade restrita formada pelo grupo.

Lamento pela extremada estupidez destes tempos. 

 
        
 IMAGENS

Foto mulher
 John Tlumacki (The Boston Globe/Getty Images).

ANJO DA MORTE




ROBIN QUER UM CAPACETE ESTILO BATMAN. Não é para qualquer um.


Uma empresa americana está fabricando um capacete motociclístico que terá orelhas como as de Batman. Deve ser destinado apenas a fanáticos pelo personagem. 

Segundo a fábrica, trata-se de produto de alta qualidade, não um brinquedo. Custará 325 dólares!

No Brasil, poderá fazer sucesso entre motociclistas que forem excursionar pelas cidades do circuito dos rodeios.

O brasileiro, sarrudo como sempre, ao invés de Capacete do Batman, acabará vinculando as orelhas do morcego aos "chifres" de outro bicho. 

Certamente o tal capacete poderá ser transformado em arma em caso de acidente.

Cornuto!!!  


___ COMPRA UM CAPACETE DESSES PARA MIM? COMPRA BATMAN? QUERO FICAR PARECIDO COM VOCÊ.

___ SAI  DESSA VIDA, MALANDRO. SE TOCA! TOMA!!!

quinta-feira, 18 de abril de 2013

DILMA QUER QUE LULA SEJA O SEU "PAJARITO". CHÁVEZ TRANSFORMOU-SE NO PAJARITO DE MADURO!


WWW.SPONHOLZ.ARQ.BR

PSY. GENTLEMAN. PSY. O INEXPLICÁVEL FENÔMENO COREANO. QUASE 150 MILHÕES DE ACESSOS.

EXPLOSÕES DEIXAM AMERICANOS COM NERVOS À FLOR DA PELE. Após a brutal explosão terrorista na Maratona de Boston, com saldo de 3 mortos e mais de 150 feridos, a explosão de uma fábrica de fertilizantes perto de Waco, no Texas, deixa entre 5 e 15 mortos e quase 200 feridos, além de muita destruição material. (VIDEOS)




A GIGANTESCA BOLA DE FOGO E O GRANDE COGUMELO FORAM VISTOS DE LONGE.

Pode ser apenas coincidência, mas terroristas adoram usar fertilizantes como explosivos. 

Lembram-se do maluco norueguês que explodiu um prédio do governo em Oslo e matou dezenas de jovens a tiros? Usou duas toneladas de fertilizantes para explodir aquele edifício.

Segundo a imprensa, uma violenta explosão na noite de quarta-feira em uma fábrica de fertilizantes perto de Waco (Texas, sul dos Estados Unidos), cuja onda expansiva atingiu muitas casas, deixou um balanço provisório de entre cinco e 15 mortos e mais de 160 feridos.

Além da destruição em si, ainda existe o perigo da fumaça potencialmente tóxica emanada do local. A explosão provocou uma bola de fogo de quase 30 metros de largura, que depois virou uma nuvem em forma de cogumelo, segundo testemunhas.

Questionado sobre o número de mortos e feridos D. L. Wilson, porta-voz da Segurança Pública do Texas, respondeu que não podia confirmar nem desmentir. "Há mortos. A quantidade não é definitiva. Pode aumentar rapidamente. As buscas continuam", completou.

"Os bombeiros não podem lutar contra o fogo no momento. Estão na área, mas não podem se aproximar pela fumaça tóxica", explicou.

"É como se uma bomba nuclear tivesse explodido", declarou ao canal CNN Tommy Muska, prefeito de West, localidade de 2.500 habitantes, cenário da catástrofe.

Jessica Turner, cientista do Centro de Geofísica dos Estados Unidos (USGS), disse à AFP que a explosão atingiu 2,1 graus de magnitude.

A COLUNA DE FUMAÇA APÓS A EXPLOSÃO.


VEJA OS VÍDEOS








LULA NÃO QUER SER O PAJARITO DE DILMA.


WWW.SPONHOLZ.ARQ.BR

A REPÚBLICA PETRALHA, FINANCIAMENTO DE CAMPANHA E PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS.

http://www.sponholz.arq.br

A APARENTEMENTE INESGOTÁVEL USINA PETRALHA DE ESCÂNDALOS. O PT aparece mais uma vez, de forma nada agradável, em gravações feitas pela Polícia Federal que investiga fraudes que podem passar de R$ 1 bilhão. Agora é o nome do líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP) que surge, conforme citações de Zé Formiga.


"SIGAM-ME CUMPANHÊRAS VAMOS DEVASTAR O BRASIL"
  
Matéria da Folha de São Paulo, de hoje, de autoria de

MARIO CESAR CARVALHO
JOSÉ ERNESTO CREDENDIO
(DE SÃO PAULO)

revela dados importantes, e arrepiantes, sobre as investigações da PF. Pelo visto, o Mensalão era apenas uma parte de um gigantesco processo de corrupção.

“O líder do governo Dilma Rousseff na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), é apontado por um lobista apanhado em operação da Polícia Federal como responsável por direcionar verbas para empresas que financiavam candidatos do PT.

Além disso, um ex-chefe de gabinete de Chinaglia, identificado como Eli, é citado como intermediário de uma reunião na qual a empreiteira Leão Leão buscaria recursos do BNDES. Em troca da verba, a empreiteira apoiaria a campanha de um assessor de Chinaglia, o Toninho do PT, em Ilha Solteira (SP).

 Chinaglia aparece em escutas da Operação Fratelli, do Ministério Público Federal e do Estadual. Os alvos da operação são fraudes em licitações que somam R$ 1 bilhão em dinheiro federal.

 As verbas, oriundas de emendas parlamentares, eram dos ministérios das Cidades e do Turismo.

 Nas escutas telefônicas há menções a três deputados do PT na operação: além de Chinaglia, Cândido Vacarezza e José Mentor.

 Os petistas são autores das emendas sob suspeita. Todos dizem que não têm ligação com as supostas fraudes.

 O procurador Thiago Lacerda Nobre vai encaminhar os trechos da investigação sobre Chinaglia ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel. Também serão enviadas as menções a Vacarezza e Mentor.

CAMPANHA

 O suspeito que cita Chinaglia é Gilberto Silva, também conhecido como Zé Formiga, acusado pela polícia de ser "lobista do PT", segundo os documentos obtida pela Folha.

 Silva, que ficou uma semana preso, foi monitorado pela polícia e, de acordo com o relatório das investigações, acompanhou Chinaglia em "campanhas eleitorais, principalmente na captação de dinheiro junto a empresários que pudessem se beneficiar de seus candidatos apadrinhados".


 
LEIA A MATÉRIA COMPLETA:


Imagem original das formigas:

quarta-feira, 17 de abril de 2013

DILMA E OS TOMATES.



WWW.SPONHOLZ.ARQ.BR

MADURO CANSA DE BRINCAR DE DEMOCRATA E MANDA PRENDER CAPRILES. Mundo silencia diante da gigantesca fraude chavista.

www.sponholz.arq.br
Nicolás Maduro, como já havia escrito, ganharia de qualquer modo: ganhando ou perdendo. Por uma simples razão; os chavistas controlam todas as instituições e queriam brincar de democracia. 

Mas, para eles, só vale ganhar, para não terem que largar o tesouro. Jamais aceitariam entregar o poder ao vencedor da eleições caso ele fosse o representante da oposição.

Não faz parte dos planos permitir que a Venezuela seja livre de Cuba e do Foro de São Paulo.

Assim, todos os vizinhos da Venezuela fingem que as eleições foram limpas, que Maduro ganhou de verdade, e que Capriles, o real vencedor, apenasum arruaceiro que deve ser preso porque apóia os protestos da população contra a roubalheira.

Assim a situação se complica na terra de Hugo Chávez. Agora, a população de 28 milhões de habitantes está dividida em duas partes iguais, de 50% cada, no mínimo.

O que acontecerá em seguida? A metade que representa o chavismo vai massacrar a outra parte. Oposicionistas por cobrarem a recontagem dos votos e por protestarem pela lisura do processo eleitoral serão acusados de baderneiros e processados e presos.

Essa é a receita da ditadura. A parte que se finge democrata vence uma eleição fraudada, toma o poder e começa a perseguir os democratas, acusados de baderneiros.

Na verdade, nem seria necessário uma eleição na Venezuela, uma vez que a ditadura já estava instalada; mas agora fica patente que os chavistas só se escondem atrás deu ma máscara que, ao invés de representar a liberdade, representa a opressão.


O noticiário de hoje mostra que grupos de milicianos chavistas armados estão provocando e agredindo oposicionistas que fazem protestos pacíficos.

Mesmo no Congresso deputados da oposição foram fisicamente agredidos, covardemente.

O que acontece na Venezuela é o mesmo que ocorria na Alemanha nazista, com as milícias nazistas perseguindo opositores e críticos. Provocam a violência e, em seguida, culpam as vítimas pela violência e as processam e prendem.

O mesmo ocorre em Cuba. E os idiotas esquerdizados aqui do Brasil chamam a isso de democracia.

VEJA A MATÉRIA DO ABC. ES



 

segunda-feira, 15 de abril de 2013

RESULTADO ELEITORAL DESNUDA DE VEZ A FARSA DA DEMOCRACIA VENEZUELANA. Na Venezuela mandam os cubanos. Vence Maduro, mas perde o chavismo.


SPONHOLZ.ARQ.BR.
REPRODUZO, AQUI, TRECHO DO POST DE REINALDO AZEVEDO SOBRE A VITÓRIA DE MADURO E A DERROTA DO CHAVISMO

"O resultado representa uma humilhação para todos os institutos de pesquisa. A diferença mínima que se apontava era de 7,2 pontos percentuais; havia quem falasse em 12. Deve ficar em torno de 1,6 ponto. Eis aí: o chavismo, felizmente, morreu com Hugo Chávez. Ainda que se faça a recontagem de 100% dos votos e que a “vitória” de Maduro seja confirmava, é evidente que se trata de roubo e de fraude — mesmo que os votos tenham sido os declarados oficiais. Por quê?

"A eleição na Venezuela não é nem livre nem limpa. Não é livre porque a oposição não dispõe dos mesmos instrumentos de que dispõe o governo para falar com a população. Chávez estatizou a radiodifusão no país, e as TVs e as rádios são usadas como porta-vozes oficiais do governo. O Beiçola de Caracas chegava a ficar no ar, por dia, até seis horas. Falava bem da própria gestão e demonizava seus opositores. 

"As notícias passam por um severo serviço de censura interna, e só vai ao ar o que o governo considera “saudável” e “didático” para a consciência do povo. Os críticos do governo são tratados como larápios, como sabotadores, como malvados em defesa de privilégios.
É o modelo que a turma de José Dirceu e Rui Falcão gostaria de implementar no Brasil. É o que quer essa gente xexelenta, financiada por estatais, que pede “o controle da mídia” no Brasil — como se ela já não fosse petista o bastante e não estivesse, no mais das vezes, a serviço de grupos militantes.

"Mas eles, claro!, querem muito mais. Invejam o chavismo. Invejam Cristina Kirchner."...

HENRIQUE CAPRILES (49,07%) CONTESTA VITÓRIA APERTADA DE NICOLÁS MADURO (50,66%) E QUER RECONTAGEM DE VOTOS. Observadores internacionais dizem que houve muitas irregularidades.

CAPRILES QUER RECONTAGEM DE VOTOS. HÁ CENTENAS DE DENÚNCIAS DE IRREGULARIDADES.
OBSERVADORES INTERNACIONAIS, SEGUNDO O ABC.ES, QUESTIONAM A LISURA DO PROCESSO ELEITORAL.

No texto de sábado eu escrevi que Maduro ganharia a eleição, perdendo ou ganhando. Jamais os chavistas entregariam o poder.

Neste momento, temos que admitir que Maduro venceu, pois ficou com 235.935 votos a mais que Capriles.

Mas houve muitas irregularidades, e Capriles pode haver vencido. Essa será uma questão que provocará ainda mais problemas na Venezuela.  

Não creio que o resultado mudará. Evidentemente Henrique Capriles vinha crescendo nas pesquisas e, apesar de Maduro estar em todos os meios de comunicação, fortemente censurados pelo governo, ou adesistas oportunistas, Capriles fez algumas passeatas gigantescas realmente.

Houve uma sensação de que poderia vencer as eleições alguns pontos à frente dos chavistas. No entanto, isso nunca seria permitido pelos chavistas, que dominam todas as instituições.

A Venezuela está com a economia muito comprometida, inflação de 30% ao ano e subindo, falta de gêneros diversos para a população e, agora, uma grande divisão interna da população, da ordem de 50%.

Isso é um excelente combustível para revoltas.

Ocorre que os chavistas contam com o apoio do Foro de São Paulo (fundado por Lula e Fidel Castro) e com a existência da infiltração de mais de 30 mil cubanos em diversos serviços, como educação, saúde, polícia de segurança e dados dos cidadãos (identificação e controle eleitoral). Assim, somente absolutamente idiotas poderiam perder a eleição.

Mas Capriles mostrou que a situação não é a maravilha vendida pela propaganda comunista. Metade do país quer mudanças. E Maduro já anunciou que elas virão, mas para pior. Ele quer aprofundar as semelhanças com Cuba.

Isso significa que mais venezuelanos oposicionistas tentarão deixar o país, além do milhão que já abandonou a Venezuela nestes anos.

Fuga de população de classe média educada e com algum capital é enorme perda para o país. MAs não há como ficar.

O chavismo é a implantação de um regime de criação de esmola-dependentes e demagogia. O petróleo, a maior riqueza venezuelana, não poderá sustentar a farra de modo eterno.

Além disso, a Venezuela está sustentando a ilha de Cuba, enviando combustível e pagando, a preço de ouro, os salários das dezenas de milhares de cubanos que vivem na Venezuela.

Sobre essa vampirização jamais ouviremos falar na imprensa brasileira. Por aqui, a ocupação cubana da Venezuela, transformando-a em colônia submissa, será vista como mais um avanço progressista, mais passo para a gloriosa comunistização da América Latina.

Não fazem ideia do monstro que está sendo criado.

LEIAM MAIS SOBRE AS ELEIÇÕES VENEZUELANAS NO ABC.ES
http://www.abc.es/

Imagem Capriles:
http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=3100071&especial=Morte%20de%20Hugo%20Ch%E1vez%20(1954-2013)&seccao=MUNDO